Educação NÃO é MESMO PRIORIDADE!!!

terça-feira, 27 de abril de 2010 |

O que é uma escola?
Esta pergunta deveria ser feita constantemente aos administradores, políticos, esses "nossos representantes eleitos".
Escola (principalmente pública) no Brasil, serve pra tudo. Concordo que ela deva ser aberta a comunidade, que num momento de emergência, sirva de abrigo numa tragédia, mas a verdade é que EDUCAR NÃO é PRIORIDADE!
Algumas escolas municipais em Niterói abrigam centenas de desabrigados há mais de 20 DIAS. Isso significa que as crianças da comunidade estão SEM AULAS desde o dia da tragédia.
Só me pergunto o seguinte:

__ Onde estão as Igrejas???
__ Onde estão os Centros Comunitários??
__ Onde estão as ONGs???

Você poderia contestar:
__ Mas trata-se de uma emergência!!
__ Há mais de 20 dias??? Esse caráter emergencial já se foi, né?? O pessoal do município do Rio já fez até festa do Viradão!!

Por que, só as escolas, que deveriam ter como fim único e primordial abrigar suas crianças no intuito de formá-las, ampará-las e prepara-las para que no futuro não se tornem também vítimas deste sistema injusto e desigual, se veem obrigadas (direção e professores) a PARAR todo seu trabalho já nada valorizado e apoiado.
Esses professores e funcionários, depois da reconstrução das vidas dessas vítimas, ainda terão que reconstruir todo um trabalho, pois as crianças voltam totalmente desmotivadas, perdidas em meio há tantos feriadões, emergências e inconstâncias que assolam suas rotinas.

Fazer demagogia na tragédia é fácil. As vítimas dessa tragédia precisam de muito mais do que doações, precisam de RESPEITO e CIDADANIA.
E as CRIANÇAS e PROFESSORES das comunidades, atingidas ou não pelos desabamentos precisam de mais que um prédio. Precisam e esperam o RESPEITO ao trabalho que desenvolvem.

Avaliem e repensem suas concepções do que seja uma ESCOLA, senhores administradores!! Nossas crianças agradecerão no futuro.

1 comentários:

historiadigital.org disse...

"Educação NÃO é MESMO PRIORIDADE!!!"

Jenny, e quando vc achou que fosse? hehehe

Infelizmente, propaganda não quer dizer absolutamente nada...