Um documentário imperdível

terça-feira, 19 de agosto de 2008 |


Crianças são perfeitas. Só esqueceram de enviar o manual de instruções!!

Que infância queremos para nossas crianças?
Ser criança significa ter ou estar na infância?

Brincadeiras a parte, este vídeo é para nos levar a reflexão tanto em nossa prática pedagógica, quanto no dia a dia com nossos filhos, sobrinhos, etc...
Só desejo a estas três, especialmente importantes em minha vida, UMA BELA INFÂNCIA!!!

Assista, reflita e comente:

A Invenção da Infância

http://portacurtas.com.br/pop_160.asp?Cod=672&exib=5937

Ficha Técnica

Produção Monica Schmiedt, Liliana Sulzbach Fotografia Adrian Cooper, Alex Sernambi Roteiro Liliana Sulzbach Edição Ângela Pires Som Direto Valeria Ferro, Mário (Porto Alegre) Animação Tadao Miaqui Trilha original Nico Nicolaiesvky Edição de som Luiz Adelmo Narração Kiko Ferraz Assistente de Direção Camilo Tavares, Rosi Badinelli Assistente de Câmera Francisco Ribeiro, Cristiano Conceição Assistente de Produção Alberto Pietro Bigatti Assistente de edição Henrique Montanari, Alberto Pietro Bigatti Pesquisa Amabile Rocha Mixagem Luiz Adelmo Eletricista Wagner Gonçalves Música Nico Nicolaiewsky Motorista Jorge Pinheiro (Bahia), Wagner Machado (São Paulo) Assistência de Trucagem Rafael (Sapo) Material Gráfico Flávio Wild, Macchina Desenho de Imagem & Som

Prêmios

Melhor Filme - Júri Popular no Festival de Bilbao 2000
Melhor Filme Latino Americano e Caribenho no Festival de Bilbao 2000
Melhor Diretor no Festival de Cinema do Recife 2001
Melhor Filme no Festival de Cinema do Recife 2001
Melhor Montagem no Festival de Cinema do Recife 2001
Melhor Roteiro no Festival de Cinema do Recife 2001
Melhor Diretor - 16mm no Festival de Gramado 2000
Melhor Filme no Festival de Gramado 2000
Melhor Roteiro no Festival de Gramado 2000
Melhor Filme - Júri Popular no Festival de Tiradentes 2000
Melhor Filme Média Metragem no Grande Premio Cinema Brasil 2001
Melhor Curta no Images du Noveau Monde Quebec 2001
Melhor Filme - Júri Popular no Mostra de 16mm de Itaguatinga 2001
Melhor Curta no Short Shorts International film Festival Tokio 2002

9 comentários:

Wolney disse...

Oi Jenny,

Que coincidência! Eu havia reservado para publicar um comentário deste filme hoje no meu blog. A idéia era divulgar que o Portal Curtas liberou para quem tem um site ou blog, a publicação dos videos disponíveis.

Este filme eu conheci em 2000, num evento da Sociedade Brasileira de História da Educação. De fato ele é muito bom e a gente tem usado ele na formação das pedagogas.

Abraço,
Wolney

Conceição EJA disse...

Olé Jenny
Belíssima indicação de filme. Tenho filhos, e eles têm infância - vejo isto na alegria deles.
Mas trabalho com adultos que não tiveram infância... e eles "teimam" em ser infantis hoje, às vezes com 20, às vezes com 30, às vezes com 70... De certa forma, é gratificante perceber que no espaço da escola - que não tiveram quando crianças - ainda se permitem viver a infância que muitas vezes não lhes foi possível. Mesmo que, como naqueles tempos,seja apenas de uma forma fugas.
Em tempo, parabéns pelo conteúdo do blog.

Profe Elis disse...

Oi Jenny, eu conheci esse documentário ano passado, é uma reflexão muito interessante. Duas realidades diferentes, porém igualmente preocupantes. Um outro documentário interessante produzido com apoio do Unicef é o "Crianças Invisíveis", não sei se conhece? Vale a pena.
Abraço.

Robson Freire disse...

Olá Jenny

O filme eu conheci esse ano numa apresentação de trabalho de um grupo sobre infância perdida. Além dele outros filmes foram apresentados, o melhor deles foi o "Crianças invisíveis", o filme é fantástico.
A infância e sua importância no processo de formação do cidadão, só começa realmente ser sentida mais hoje, pois as crianças estão amadurecendo muito mais cedo e tendo pouco tempo para ser realmente criança.
Por isso prolongar a infância o máximo que pudermos nos nossos filhos é vital para a formação deles.
Maravilha de vídeo e de postagem.
Abraços
Robson Freire

Lilian disse...

Jenny, coincidência, assisti esse filme na semana passada, numa apresentação da Gisela Wajskop, uma socióloga que foi conversar com a associação de pais da escola. Fiquei encantada, é fantástica a forma como ela mostra a convivência com a perda de algumas famílias, e a neura das famílias de SP em tentar que seus filhos não percam absolutamente nada.
Acho exemplar, obrigatório para pais e educadores. Bom saber que está na rede...
abços

Jenny Horta disse...

Que bom que vocês gostaram. Também pudera, não há como não se tocar com o impacto de uma realidade que nem nos é tão estranha. Muitas vezes encontramos alguma criança em situação estressante, mas na correria do dia a dia, nem paramos para analisar. Vídeos como este nos fazem parar...e policiar sempre nossa postura. Sobre o Crianças Invisíveis - ainda não vi, mas já vou reservar um tempinho...

Flavia disse...

Realmente crianças são um potinho de novidades, convivo diariamente com várias, e eu que o diga...
Visite:
http://educaoarte.blogspot.com

Leticia Bruna disse...

No meu ver e com certeza na visão d todo mundo...as crianças são o futuro de nosso planeta..e como queremos que seja o futuro delas????
Devemos primeiramente impô-las dentro desse mundo que vivenciamos hoje, que é o mundo da tecnologia, só assim elas conseguirão conviver melhor na sociedade em que vivem hoje e na qual viverão futuramente.

文章 disse...

avdvd,色情遊戲,情色貼圖,女優,偷拍,情色視訊,愛情小說,85cc成人片,成人貼圖站,成人論壇,080聊天室,免費a片,視訊美女,視訊做愛,免費視訊,伊莉討論區,sogo論壇,台灣論壇,plus論壇,維克斯論壇,情色論壇,性感影片,正妹,走光,色遊戲,情色自拍,kk俱樂部,好玩遊戲,免費遊戲,貼圖區,好玩遊戲區,中部人聊天室,情色視訊聊天室,聊天室ut,成人遊戲,免費成人影片,成人光碟,情色遊戲,情色a片,情色網,性愛自拍,美女寫真,亂倫,戀愛ING,免費視訊聊天,視訊聊天,成人短片,美女交友,美女遊戲,18禁,三級片,自拍,後宮電影院,85cc,免費影片,線上遊戲,色情遊戲,日本a片,AV女優