POEMEI-ME!!

quarta-feira, 10 de dezembro de 2008 |


Poemei-me

Poemei-me, de início por espanto
com a amiga desdobrável de Adélia,
Para logo tornar-se encanto.
Poemei-me por sorte de presente,
brincadeira de amigo escondido
como criança esconde doce.
Poemei-me de delicadeza,
de palavras formando o caminho
Poemei-me de forma intensa
ao abrir as páginas de seu gesto
e encontrar tanto de mim
em tanto que não conheço.
Poemei-me por fechar este ano
feliz, cansada e mais velha,
e ao mesmo tempo criança
com sua nova amizade
Poemei-me por mim e por você
Para sermos felizes em todos os anos
que nos forem destinados
e entre palavras e palavras
a vida continue nos servindo
do prazer de cultivar poesia!



Depois de mais de 1 mês sem escrever neste meu espaço, dedico minha volta a amiga Tatiane, que com um gesto de carinho enviou-me o seu livro "Poeme-se". Só uma palavra traduz minha alegria em receber este presente:
Obrigada!

7 comentários:

Fátima Campilho disse...

Sinto-me honrada, Jenny, por saber que faço parte das suas leituras.
Este poema da Tatiane é divino, não é mesmo?
Ando muito cansada, mas hoje chegou o laptop da prefeitura e acho que vai dar para aprender com você e nosso grupo um pouco mais sobre tecnologias em educação.
Abraços.

blog de natal disse...

Querida Jenny,

Estou passando por aqui só para dizer que estou um pouco chateada porque seu presente ainda não chegou... ´
Fiquei muito, muito feliz por ter você como minha amiga secreta.

Beijinhos

Tati Martins disse...

Oi, Jenny!
Estou simplesmente honrada, maravilhada, encantada!!! Obrigada pela homenagem e pelo carinho. Espero que esse livrinho possa lhe trazer alguns frutos para sua formação como professora dos pequenos.
Temos de dizer à Fátima Campilho que eu não sou poeta (poetisa) e que foi vc quem escreveu lindamente este poema.
Beijinhos!

E OBRIGADA!!!

Fátima Campilho disse...

Jenny,
Faz parte do cansaço a falta de atenção. Claro que o título não é Poeme-se, mas Poemei-me!
Também não brinquei de amigo oculto!
Tatiane é uma nova amiga. Fala e estuda poesia e pensa que não é poeta.
Vamos brincar de poesia?
Abraços.

Marli disse...

JENNY!
Feliz Natal! Desejo do fundo do coração que você esteja mepaz em cada dia de 2009. Abração!

José Antonio Küller disse...

Jenny

Passo aqui para agradecer a visita em http://germinai.wordpress.com/ e retribuir os votos de feliz natal e fecundo ano novo lé deixados.

Robson Freire disse...

Olá Querida Amiga Jenny

Feliz Natal para você e sua família! Que as benção de deus sejam derramadas sobre vocês. Que seu trabalho seja glorificado de emoções e prazeres que só quem trabalha sabe alcançar.

Que seu blog triplique de visitas. Que seus alunos e cursistas tenham o prazer de descobrir o universo digital assim como eu e você o conhecemos.

Enfim caro amigo que tudo de bom para você, pois afinal é Natal.

Obrigado por referendar o Caldeirão de Idéias em seus cursos e por seus comentários sempre prazerosos e visitas sempre muito oportunas.

Abraços do Amigo molhado